Novo teste faz a detecção rápida dos primeiros sinais do Alzheimer. O diagnóstico antecipado,aliado a remédios, atividades e apoio familiar, é fundamental para lidar melhor coma doença, que atinge mais de 1 milhão de brasileiros.

A atenção, apoio e carinho dos familiares é fundamental na vida do paciente, que vê neles um alicerce. A família é a memória antiga e o ponto de apoio para os pacientes, que cada vez menos reconhecem o ambiente em que vivem ou as pessoas ao seu redor.

A função de quem vive por perto passa a ser trazer calma e ajudar no controle de sintomas comportamentais como agitação e agressividade…

É preciso ter paciência e entendimento. “A doença afeta toda a família e, muitas vezes, os doentes se tornam agressivos ou não reconhecem mais pessoas próximas, como os filhos. A função de quem vive por perto passa a ser trazer calma e ajudar no controle de sintomas comportamentais como agitação e agressividade, sem medicação diz o médico geriatra Paulo Camiz.

O artigo completo você pode conferir na edição de setembro da Revista Da Hora.